Amazônia e “Brasil”: Identidades desencontradas em ua:Brari de Marcelo Rubens Paiva

Danielle Santos Rodrigues, Luiz Eduardo da Silva Andrade

Resumen


Resumo:
O objetivo deste artigo é revisar a construção de algumas nuances da identidade brasileira a partir do romance Ua:brari de Marcelo Rubens Paiva. A obra problematiza os percursos da crítica histórico-social e da história literária brasileira quando retorna à Amazônia, já no século XX, para questionar e denunciar o que permanece ocorrendo no Brasil. Diante do pensamento de Prado Júnior, Holanda, Ribeiro e Freyre, este artigo analisaa reprodução do gesto colonizador/explorador sobre a Amazônia ainda no século XX; em seguida, dialoga-se com DaMatta em uma crítica da perpetuação de privilégios na formação de uma elite nacional; por fim, trata-se do problema do messianismo e dos vários populismos que assolam o país. Conclui-se que há uma espetacularização nacional e internacional na forma como a Amazônia é apresentada, colaborando para um desencontro e um desacordo entre as nossas identidades.
Palavras-chave: Amazônia, Brasil, Identidade, Ua:brari, Marcelo Rubens Paiva.

Resumen:
El objetivo de este artículo es revisar la construcción de algunos matices de la identidad brasileña a partir de la novela Ua:brari de Marcelo Rubens Paiva. La obra problematiza los recorridos de la crítica histórico-social y de la historia literária brasileña cuando retorna a la Amazonia, ya en el siglo XX, para cuestionar y denunciar lo que permanece ocurriendo en Brasil. Ante el pensamiento de Prado Júnior, Holanda, Ribeiro y Freyre, este artículo analiza la reproducción del gesto colonizador/explorador sobre la Amazonia aún en el siglo XX; más adelante, se recurre a DaMatta para una crítica de la perpetuación de privilegios en la formación de una élite nacional; por último, se trata del problema del mesianismo y de los varios populismos que asolan el país. Se concluye que hay una espectacularización nacional e internacional en la forma como la Amazonia es presentada, colaborando para un desencuentro y un desacuerdo entre nuestras identidades.
Palabras clave: Amazonia, Brasil, Identidad, Ua:brari, Marcelo Rubens Paiva.

Abstract:
This article review the construction of some aspects of Brazilian identity from the novel Ua:brariby Marcelo Rubens Paiva. The text problematizes the paths of historical-social criticism and Brazilian literary history when it returns to the Amazon, already in the 20thcentury, to question and denounce what is still happening in Brazil. Starting from Prado Júnior, Holanda, Ribeiro and Freyre, this article analyzes the reproduction of the action colonising/explorative on the Amazon in the20thcentury; later, with DaMatta there is a critique of the perpetuation of privileges in the formation of a national elite; at last, have the problem of messianism and the various populisms that devastate the country. In the conclusion we note that there is a national and international spectacularization in the way the Amazon is presented, contributing to a disagreement between our identities.
Keywords: Amazon, Brazil,Identity,Ua:brari, Marcelo Rubens Paiva.

Texto completo:

PDF XML

Referencias


Bibliografia

Assis, J. Machado. Esaú e Jacó; Críticas literárias; Críticas teatrais. São Paulo: Formar, (sin fecha).

Caminha, Pero Vaz de. Carta a El Rei D. Manuel. São Paulo: Dominus, 1963.

DaMatta, Roberto. Carnavais, malandros e heróis: para uma sociologia do dilema brasileiro.6° ed. Rio de Janeiro: Rocco, 1997.

Fraxe, Therezinha de Jesus, Witkoski, Antonio, Pereira, Henrique dos Santos. Amazônia: cultura material e imaterial. São Paulo: Annablume, v. 1, 2011.

Freyre, Gilberto. “Casa-grande & senzala”. Intérpretes do Brasil. Comp. Silviano Santiago. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, v. 2, 2000. 203-727.

Holanda, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 26° ed. São Paulo: Companhia das Letras,1995

Paiva, Marcelo Rubens. Ua:brari. São Paulo: Brasiliense, 1990.

Prado Júnior, Caio. Formação do Brasil contemporâneo. 23° ed. São Paulo: Brasiliense, 2004.

Queiroz, Maria Izaura. O messianismo no Brasil e no mundo. São Paulo: Alfa e Ômega, 1977.

Ribeiro, Darcy. “Amazônia: homem e cultura em um paraíso ilusório”. Amazônia: a ilusão de um paraíso, ed. Betty Jane Meggers. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1977.16.

Ribeiro, Darcy. “Sobre a mestiçagem no Brasil”. Raça e diversidade. Comp. Lília Scharcz e Renato Queiroz. São Paulo: Edusp, 1996. 187-214.

Santiago, Silviano. “Uma literatura anfíbia”.Revista Alceu. 3.5, (2002): 13-21.Junho 2017. http://revistaalceu.com.puc-rio.br/media/alceu_n5_Santiago.pdf.

Schwarz, Roberto. Ao vencedor as batatas: forma literária e processo social nos inícios do romance brasileiro. 5° ed. São Paulo: Duas Cidades; 34, 2008.






Indizado en:

Licencia Creative Commons